# Drª Karina Alvarenga

OBESIDADE INFANTIL: o monstro da atual infância

4 de Abril de 2017 às 09:44

 

As crianças brasileiras enfrentam hoje o problema do sobrepeso e obesidade. Metade das nossas crianças estão acima do peso. Dessa forma é importante conhecer a prática do que pode modificar essa realidade.

 

PASSOS PARA MELHORAR A SAÚDE NA INFÂNCIA:

 

1 – Diminuir o tempo de tela – sociedades nacionais e internacionais recomendam um tempo máximo de 2 horas de tela ao dia, ou seja, de vídeo games, computadores, celulares e televisores. Há estudos mostrando aumento no índice de miopia em crianças que passam muitas horas com esses dispositivos.

 

2 – Mexa-se – o que seria mais saudável para a família que não encontra tempo para o esporte do que brincadeiras que fazem o corpo movimentar? Vários sites trazem sugestões de brincadeiras ao ar livre que fazem as crianças movimentarem-se e gastarem mais energia. Benefício a parte, a criança que movimenta controla melhor sua ansiedade.

 

3 – Guloseimas apenas nos finais de semana – ter um ambiente saudável diminui a ingestão de calorias. Não ter doces, refrigerantes, quitandas, frituras em casa e restringir o consumo dessas guloseimas apenas aos finais de semana auxilia a alimentação saudável.

 

4 – Dê o exemplo – crianças são movidas ao exemplo dos familiares. Assim, hábitos da família são naturalmente incorporados nos hábitos da criança.

 

5 – Não coloque a criança de dieta – Crianças não fazem dieta, crianças melhoram seus hábitos. Como? Melhorando hábitos da casa. Criar restrições pode causar problemas ainda maiores. É difícil mudar, mas vale a pena.

 

6 – Fazer as refeições em família em ambiente agradável – hábitos de comer em frente à televisão ou em ambientes tumultuados pode gerar ansiedade o que leva a comer mais rápido prejudicando a saciedade. Mantenha o ambiente tranquilo e organizado. Estimulando a calma e com isso a mastigação lenta de forma tal que os alimentos serão melhor aproveitado e a saciedade cultivada.

 

7 – Higiene do sono – Crianças que dormem tarde ou dormem pouco tendem a comer mais. A uma certa hora da noite, deixe o ambiente da casa tranquilo e evite brincadeiras em computadores que podem estimular o cérebro e atrapalhar o sono. Conte uma história e promova a tranquilidade. Assim, fica mais fácil adormecer.

 

8 – Controlar o ganho de peso na gestação – sim, obesidade começa no útero. Manter hábitos saudáveis na gestação com controle de peso ativa gens mais saudáveis para seu feto.

 

9 – Muitas fibras – alimentos com fibras (integrais) promovem mais saciedade e melhor liberação do açúcar no sangue do que alimentos feitos com farinhas brancas. Abuse das fibras.

 

10 – Crianças podem consumir adoçantes – podem consumir adoçantes com moderação. O melhor é acostumar as crianças com sabor natural dos alimentos, mas existe segurança no uso principalmente da sucralose para os pequenos desde que não haja abuso dos mesmos. Isso é muito empregado para crianças diabéticas. Entretanto, o excesso no consumo de produtos diet pode induzir o cérebro a aumentar o apetite. É preciso cuidado. O uso de adoçantes não quer dizer que estejamos saudáveis ou que isso levará a perda de peso.