# Notícias Gerais

4 de Julho de 2017 às 09:38

Vídeo: Em Área Vip, ex-BBB Emilly Araújo grita 'Pobre' e 'eu sou Rica' para plateia

Vídeo que vazou na internet mostra a ex-BBB, campeã da sétima edição do reality show, supostamente brincando com pessoas de fora do camarote, mas dividiu opiniões

 

Um vídeo da ex-BBB Emilly Araújo, campeã da sétima edição do reality show, supostamente brincando com pessoas de fora do camarote do Villa Mix Festival, em Goiânia, no último final de semana, dividiu opiniões. Procurada por QUEM, a assessoria da morena falou que ela só irá se pronunciar sobre o assunto na terça-feira (4) por estar "muito ocupada". (Veja o vídeo aqui ou abaixo)

"Pobre, pobre! Eu sou rica, rica! Eu sou rica, sua pobre", diz ela do camarote para alguém da pista.

No mesmo evento, Emilly encontrou Neymar, que postou uma foto da BBB ao lado de seu amigo Jô Amancio, apontado pelo jogador como affair dela. "Meu casal", disse Neymar ao postar uma foto de Jô e Emilly.

Alguns fãs defenderam a vencedora do reality. "O problema é que ninguém para para criticar quem começou com as ofensas", disse um. "Vou defender a Emilly sim. Quem acompanha sabe o quanto ela é atacada diariamente. Independente de qualquer coisa, ela é um ser humano", continuou outro. Teve também quem criticou a atitude da ex sister. "Alguém avisa a embuste da Emilly que o pior pobre é o de espírito e humildade, coisa que claramente ela é", criticou. "Emilly já era. Queimada, agora está torrada", comentou outra pessoa.

Em recente postagem no Instagram, a milionária fez referência ao seu signo, que, segundo ela, costuma se exceder, numa suposta manifestação sobre o episódio. "Leonina, é possuir um espírito em expansão. É ser em excesso. É muitas vezes ser visto como vilão. É ter coração de outro forjado no próprio fogo da paixão. É rugir mais alto que a própria dor. É querer tudo pelo medo de ter nada, é mesmo assim estar disposta a entregar tudo por amor. É quem coloca a mão no fogo por amor!" Isso tudo é ser leonina, ser Emilly é muito disso... Muito disso e muito mais! Alguns podem até confundir com arrogância, mas quem conhece sabe que se trata de autoconfiança. #Gratidão #MaisAmor #Fé #Luz #Goiânia #VillaMixGyn #MelhoresFãsDoMundo", escreveu.

Fonte: Revista Quem

3 de Julho de 2017 às 09:41

Evangelho do Dia

Meu Senhor e meu Deus!

Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Os outros discípulos disseram-lhe: "Vimos o Senhor”. Mas ele replicou-lhes: "Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, e não puser o meu dedo no lugar dos pregos, e não introduzir a minha mão no seu lado, não acreditarei!”. [...] Estando trancadas as portas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse: "A paz esteja convosco!”. Depois disse a Tomé: "Introduz aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé”. Respondeu-lhe Tomé: "Meu Senhor e meu Deus!”. Disse-lhe Jesus: "Creste, porque me viste. Felizes aqueles que creem sem ter visto!”.

Evangelho de hoje: Jo 20,24-29

3 de Julho de 2017 às 07:52

Superbactérias ganham força: "Podemos voltar ao tempo em que era comum morrer de infecção", diz médico francês

Contaminações já não estão restritas aos hospitais e afetam comunidades, segundo ele

Quando o escocês Alexander Fleming descobriu em 1928, também por acaso, a penicilina, a partir de substâncias que inibiam as bactérias de um fungo, em seu laboratório mofado em Londres, o antibiótico começou a entrar na vida dos seres humanos. Mas a sensação de que todas as infecções poderiam ser combatidas, ao longo do tempo, se tornou dúvida e temor atualmente. De tanto o homem usar antibióticos no mundo, superbactérias, do tipo KPC, resistentes a antibióticos estão se proliferando.

A situação é um tanto ameaçadora, segundo alerta ao R7 o médico intensivista francês Philippe Montravers. Ele é professor doutor na Universidade Paris VII Denis Diderot, na França, e chefe do serviço de Assistência Pública do Hospital de Paris, cidade onde Louis Pasteur, no fim do século 19, realizou importantes descobertas no combate às infecções. Eram tempos de evolução, no entusiasmo inicial da Era Contemporânea. O que Montravers teme é que, neste momento, possa haver um retrocesso.

— Já não se trata de filme de ficção. Faz parte da realidade atual e é muito simples: poderemos voltar a um tempo, como os séculos 18 e 19, quando era comum morrer de infecção. Algo assim pode acontecer e já está acontecendo hoje, principalmente em países como Índia e China. Eu mesmo, em meu ofício de intensivista, vejo pacientes morrendo de infecção sem opções terapêuticas.

Projeções da OMS (Organização Mundial de Saúde) mostram que, a partir de 2050, cerca de 10 milhões de pessoas por ano morrerão por causa de bactérias resistentes a antibióticos. Seria algo maior do que o número de pacientes que atualmente morrem por causa do câncer, 8,2 milhões ao ano.

O Brasil também tem regiões com problemas. Dados da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) mostram que, em 2015, a KPC era a bactéria multirresistente mais notificada nas UTIs brasileiras.

E as contaminações já não estão restritas aos hospitais, segundo Montravers afirma, citando principalmente situações da Índia, China e África.

— O perigo da superbactéria já não é atingir apenas os pacientes. Ela hoje já causa infecções hospitalares e, mais do que isso, contamina pessoas saudáveis, da comunidade, chega às cidades, ganhando acesso a toda a sociedade.

Condições de higiene

A modernidade realmente é contraditória. Ela apresenta as descobertas, a tecnologia, a cura. Mas, por outro lado, propaga desigualdade, superpovoamento e doenças vindas das próprias descobertas. É nesse meio que a superbactéria é cultivada. O laboratório, neste caso, é o planeta Terra.

Na Terra que um dia Gagarin disse ser azul, homens angustiados vão consumindo remédios em excesso, se amparando nos antibióticos na ânsia de limpar seus organismos contaminados, fortalecendo novos organismos a resistirem.

Tudo isso, alimentado pelas superpopulações, onde as superbactérias mais se disseminam, ganham força em amontoados de pessoas sem condições básicas de higiene. E o homem tenta ser super-homem e não consegue. E os médicos tentam encontrar um antibiótico e não há acaso que os facilite, como fez com Fleming.

Fonte: R7

1 de Julho de 2017 às 09:47

Evangelho do Dia

Muitos virão do Oriente e do Ocidente, e se sentaróo à mesa junto com Abraão, Isaac e Jacó

Um centurião veio a ele e lhe fez esta súplica: "Senhor, meu servo está em casa, de cama, paralítico, e sofre muito”. Disse-lhe Jesus: "Eu irei e o curarei”. Respondeu o centurião: "Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado [...]”. Ouvindo isto, cheio de admiração, disse Jesus aos presentes: "Em verdade vos digo: não encontrei semelhante fé em ninguém de Israel [...]”. Depois, dirigindo-se ao centurião, disse: "Vai, seja-te feito conforme a tua fé”. Na mesma hora o servo ficou curado. [...] Pela tarde, apresentaram-lhe muitos possessos de demônios. Com uma palavra expulsou ele os espíritos e curou todos os enfermos. [...]

Evangelho de hoje: Mt 8,5-17

1 de Julho de 2017 às 09:21

Governo suspende reajuste do Bolsa Família

Alta acima da inflação estava prevista para entrar em vigor no programa em julho

Com a frustração de receitas e a dificuldade de cumprir a meta fiscal deste ano, o governo suspendeu o reajuste do Bolsa Família acima da inflação previsto para entrar em vigor em julho. O Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo pagamento do benefício, informou que o Bolsa Família não será reajustado neste momento.

Originalmente, a ideia era dar aumento de 4,6% no benefício, acima da inflação oficial acumulada em 3,6% nos últimos 12 meses. Segundo apurou a reportagem, além da escassez de recursos, uma ala do governo considerou que a crise política "esconderia" o anúncio do aumento. A média do Bolsa Família é de R$ 182 por família.

Em maio, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, disse que o reajuste sairia em julho, dentro de um grande pacote de bondades do governo Temer.

— Vai ter reajuste em julho acima da inflação. É uma decisão. Tem que ver quanto vai ser a inflação em 12 meses para a gente poder fixar o valor.

Na época, o ministro informou que o programa contava com orçamento de R$ 30 bilhões e que a cifra já previa o dinheiro para bancar o reajuste.

A área econômica, no entanto, dissuadiu o presidente a reajustar o benefício em meio às discussões de medidas para conter os gastos e aumentar as receitas, inclusive com a possibilidade cada vez maior de aumento de impostos para cumprir a meta de déficit de R$ 139 bilhões.

Fonte: R7

30 de Junho de 2017 às 08:30

Evangelho do Dia

Se queres, tu tens o poder de me purificar.

Tendo Jesus descido da montanha, uma grande multidão o seguiu. Eis que um leproso aproximou-se e prostrou-se diante dele, dizendo: "Senhor, se queres, podes curar-me”. Jesus estendeu a mão, tocou-o e disse: "Eu quero, sê curado”. No mesmo instante, a lepra desapareceu. Jesus então lhe disse: "Vê que não o digas a ninguém. Vai, porém, mostrar-te ao sacerdote e oferece o dom prescrito por Moisés em testemunho de tua cura”.

Evangelho de hoje: Mt 8,1-4 ou Mt 24,4-13

4 de Julho de 2017 às 08:57

Novo golpe no Whatsapp engana brasileiros com promessa de emprego em supermercado

Empresa de segurança aponta que mais de 200 mil foram afetados por vaga falsa

Criminosos estão aproveitando as dificuldades econômicas dos brasileiros para sequestrar dados em um novo golpe no WhatsApp. Um falso processo seletivo na rede de supermercados Carrefour, com salários de até R$1.852, está sendo disseminado por meio do aplicativo.

As informações foram divulgadas pela empresa de segurança mobile PSafe, que afirma que mais de 200 mil pessoas já compartilharam a falsa promessa em apenas 24 horas. O gerente de segurança da PSafe, Emilio Simoni comenta que o golpe se espalha com velocidade.

— O número de acessos desse golpe não para de crescer, com média de 10 mil cliques por hora, devido à rápida disseminação via WhatsApp.

Ainda de acordo com o especialista, o golpe consiste em receber um link pelo aplicativo de mensagens instantâneas, alertando que a rede de supermercados está contratando profissionais com urgência, sem necessidade de ter experiência e para início imediato.

Ao acessar o endereço para checar as vagas disponíveis, é solicitado que o usuário responda a três perguntas para poder se candidatar (“Você conhece ou frequenta o Carrefour da sua cidade?”, “Você tem carteira de trabalho e realmente está interessado nessa vaga?” e “É maior de 18 anos?”).

Independentemente das respostas fornecidas, a vítima é encaminhada para uma nova página na qual alega que, para poder agendar a suposta entrevista de emprego, ela deve compartilhar a oportunidade com 15 amigos via WhatsApp, para que possam “preencher o mais rápido possível as vagas”. Dessa maneira, o golpe é disseminado, atingindo um maior número de pessoas, explica Simoni.

Após o compartilhamento com os contatos, o usuário é encaminhado para se cadastrar em serviços de SMS pago - que efetuam cobranças indevidas - ou baixar apps falsos, que podem infectar o smartphone e deixá-lo vulnerável a outros tipos de crimes ou prejuízo financeiro, segundo a PSafe.

O ataque ainda conta com comentários de falsos usuários alegando que conseguiram a vaga de emprego, com o intuito de validar o golpe, como, por exemplo, “ Estou contratada, graças a Deus”, “ Gente, vou começar a trabalhar amanhã” e, até mesmo, “Juro que pensei que era mentira, mas não é”.

Para não se tornar uma vítima de hackers, a dica é sempre consultar as páginas oficiais de empresas para se certificar de que se trata de uma oportunidade verídica.

— Os cibercriminosos tendem a desenvolver golpes que, supostamente, atenderiam às necessidades de uma grande parcela da população e ainda utilizam o nome de marcas reconhecidas para trazer credibilidade. É preciso que as pessoas fiquem atentas a qualquer tipo de promoções exageradas que chegam por mensagens, checando sempre se a promoção é real ao entrar em contato diretamente com a empresa.

A companhia de segurança ainda orienta que, caso o usuário tenha caído no golpe, entre em contato com a operadora do seu celular para cancelar o serviço de SMS pago.
 
Nota de Esclarecimento

Em nota ao site Patrocínio Online:  A rede Carrefour esclarece que a informação sobre vagas de emprego circulando nas redes sociais e no WhatsApp é falsa.

A empresa recomenda que os usuários ignorem e deletem a mensagem, que pode conter vírus. Reforça ainda que somente divulga informações sobre processos seletivos e vagas por meio do seu portal, perfil oficial no LinkedIn, além dos portais Vagas.com, Catho, Curriculum.com e InfoJobs. Daniel Cesaroni 


Fonte: R7

30 de Junho de 2017 às 08:20

Megaoperação contra corrupção no Rio busca cumprir 185 mandatos de prisão

Agentes procuram 95 policiais denunciados por corrupção e 70 traficantes

Mais de 70 pessoas foram presas nesta manhã de quinta-feira (29) durante a operação Calabar, que investiga o pagamento de propina por traficantes a policiais militares do 7ºBPM em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. Até 16h , a ação já havia encontrado 63 policiais e 22 traficantes.

De acordo com a denúncia do Tribunal de Justiça do Estado, os criminosos compravam os agentes para que eles não reprimissem o tráfico de drogas e outras atividades ilícitas em comunidades do município.

As investigações tiveram início após a delação de Sandro Vinhas, preso em 2016, acusado de envolvimento com o tráfico. Ele revelou à polícia a existência do esquema de corrupção em São Gonçalo e afirmou ser um dos distribuidores da propina, chamada por eles de “arrego”. Vinhas também relatou que a organização criminosa era dividida em núcleos, onde, além de operar a entrega e o recebimento de propinas, também era realizado a venda e fornecimento de armas de fogo aos grupos criminosos.

Segundo as investigações, a quadrilha movimentava cerca de R$1 milhão por mês com as suas atividades. A Polícia Civil cumpre 185 mandados de prisão, em que 95 são para PMs. Essa é a maior operação já executada pela Polícia Civil no Estado do Rio. Ao todo, 110 delegados e mais de 500 agentes atuam nessa ação.

Fonte: R7

30 de Junho de 2017 às 09:40

Idoso é assassinado a tiros no Bairro Dona Zulmira em Uberlândia

Vítima foi atingida por cerca de dez disparos.



Um idoso, de 62 anos de idade, foi assassinado a tiros no início da tarde desta quinta-feira (29), no Bairro Dona Zulmira. Esse é o homicídio de número 62 na cidade de Uberlândia em 2017.

A vítima, Celso Ferreira Silva, estava em seu ponto de comércio, localizado na Rua do Ferro, quando um rapaz entrou e começou a efetuar disparos em sua direção. Celso tentou correr para sua casa, que fica nos fundos do local, mas foi acertado por pelo menos cinco tiros.

Celso foi socorrido e levado para o pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Segundo familiares, amigos e vizinhos, o comerciante não possuía desavenças com ninguém ou tinha passagens pela polícia.

O autor e os motivos do crime ainda são desconhecidos. A Polícia Militar já está fazendo buscas nas imediações para prender o responsável.

Fonte: V9 Vitoriosa