8 de Dezembro de 2018 às 10:05

Condutor de carreta em alta velocidade bate em veículos parados na BR 365 matando um casal

Condutor fugiu mas placa ficou no local segundo Bombeiros

UBERLÂNDIA (MG) - Um casal morreu em um acidente que ocorre por volta das 17h50min, de terça-feira 04/12, na BR-365 km 600 próximo a Usina de Miranda em Uberlândia.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros os militares foram acionados a atender um acidente após a ponte saída Patrocínio à Uberlândia.

Segundo os Bombeiros, uma carreta que trafegava Patrocínio sentido a Uberlândia, aparentemente em alta velocidade e não conseguiu frear, pois o trânsito estava parado, vindo a colidir na traseira de dois veículos.

Um dos veículos caiu do barranco e a vítima conseguiu subir até a beira da rodovia e não teve lesões aparentes.

Continue lendo após anúncio
 

O outro veículo foi esmagado na árvore e o casal identificado sendo José Luiz de Silva de 59 anos e Maria Marta Ribeiro Martins de 42 anos tiveram traumatismo crânio encefálico e parada cardiorrespiratória, vindo a óbito.

Quando os militares chegaram ao local havia mais de 20 minutos que estavam em situação de parada e não conseguiram atendê-los, pois foram acionados após alguns minutos devido a falta de sinal de telefone.

Os militares durante deslocamento da ocorrência depararam com a carreta com a frente batida que se envolveu no acidente e o motorista havia evadido do local, mais a placa do caminhão ficou no local.

Da redação do POL com informações do Corpo de Bombeiros
Imagens e vídeo aereos cedidas gentilmente ao POL por Paulinho da Via Drones


Comentários

Termos de uso:

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Patrocínio Online. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Patrocínio Online poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!