15 de Outubro de 2021 às 08:30

Mulher cai em golpe financeiro e deposita dinheiro para estelionatário

A Polícia Militar alerta a comunidade que este tipo de golpe vem ocorrendo! Fique atento às dicas de segurança

Com informações da Polícia Militar

PATROCÍNIO (MG) – Na manhã de segunda-feira, 11/10/21, por volta das 09h00min, compareceu na sede do 46 BPM, uma jovem de 29 anos, relatando que no dia 06/10/21 entrou em contato via aplicativo WhatsApp com o banco Crevisa para solicitação de um empréstimo.

Porém, enquanto estava em análise, ela recebeu uma mensagem de outro número, em que uma mulher que se identificou como funcionária da "Serasa ECRED S.A" informando que tinha uma solicitação de empréstimo no CPF da vítima.

A vítima imaginando que teria vínculo com a Crevisa, passou cópia dos seus documentos pessoais e dados bancários. E ainda foi induzida a realizar um depósito no valor de R$ 350,00 reais que seria para um possível seguro da transação, que foi feito no dia 07/10/21.

A vítima relatou que no dia 08/10/21 uma outra pessoa entrou em contato via app pelo número (11) 93900-7446 para relatar que o empréstimo só seria liberado após a vítima regularizar o CPF, e para isso, ela precisaria fazer o pagamento de R$1.898,92, entretanto ela não tinha o valor e pediu o cancelamento da solicitação e devolução do valor depositado, que lhe foi negado.

Além de informar que seria cobrado multa pelo cancelamento.

A vítima foi orientada e não pagou referido valor, registrando os fatos.

A Polícia Militar alerta a comunidade que este tipo de golpe vem ocorrendo! Fique atento às dicas de segurança!

- É importante o cidadão ficar alerta e não fazer depósitos ou adiantamento de valores a fim de obter empréstimo pessoal, principalmente em transações originadas da internet ou de redes sociais;

- Sempre desconfie de exigências dessa natureza!

- cuidado com ligações e contatos de estranhos, não repasse de forma alguma dados pessoais e bancários a ninguém, mesmo se a pessoa afirmar que é do banco ou da operadora de cartão;

- cuidado também com o repasse de informações via e-mail;

- o cartão de crédito é de uso pessoal, não empreste o cartão a terceiros;

- nunca entregue seus os cartões bancários a ninguém, os bancos ou operadoras não tomam os cartões dos clientes, mesmo se constatar que o cartão foi clonado;

- nunca guarde a senha anotada junto com o cartão;

- troque a senha do cartão periodicamente;

- desconfie de ligações e contatos de pessoas solicitando informações como número de cartões e de senhas, os bancos não fazem contanto com os clientes solicitando essas informações;

- em caso de constatação que o cartão foi clonado, faça o bloqueio do cartão através dos serviços de atendimento ao cliente dos bancos e procure a Polícia Militar para o registro da ocorrência.


close