# Notícias Gerais

6 de Janeiro de 2017 às 10:14

Após reação negativa, Temer defende no Twitter uso da palavra 'acidente'

O presidente Michel Temer usou sua conta pessoal para defender o emprego da palavra acidente no caso da chacina em complexo penitenciário de Manaus

Depois de romper um silêncio de quatro dias e considerar o massacre em um complexo penitenciário de Manaus um "acidente pavoroso", o presidente Michel Temer usou nesta quinta-feira, 5, a sua conta pessoal no Twitter para defender o emprego da palavra "acidente".
O uso da expressão "acidente pavoroso" causou uma repercussão negativa nas redes sociais, o que surpreendeu o Palácio do Planalto. Segundo auxiliares palacianos, o uso da palavra para definir a tragédia em Manaus não foi equivocado.

Também surpreendeu o governo que, diante do lançamento do Plano Nacional de Segurança, com a divulgação de medidas como a construção de cinco novos presídios federais, tenha se dado tanta publicidade a esse trecho da fala do presidente.

"Sinônimos da palavra 'acidente': tragédia, perda, desastre, desgraça, fatalidade", escreveu Temer no Twitter.

A assessoria de imprensa do presidente também destacou no Twitter que o "governo investirá mais de R$ 2,2 bilhões no sistema penitenciário em 2017".

Na manhã desta quinta-feira, o presidente abriu a reunião com o Núcleo Institucional do governo federal se solidarizando com os familiares do massacre ocorrido no último domingo, 1º, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

"Eu quero, em uma primeira fala, mais uma vez solidarizar-me com as famílias que tiveram os seus presos vitimados naquele acidente pavoroso que ocorreu no presídio de Manaus. Nossa solidariedade, portanto, é uma solidariedade governamental e, tenho certeza, apadrinhada por todos aqueles que aqui se acham", discursou Temer.

De acordo com o dicionário Houaiss, acidente é um "acontecimento casual, inesperado, fortuito" ou "qualquer acontecimento, desagradável ou infeliz, que envolva dano, perdão, lesão, sofrimento ou morte".

Fonte: Estado de Minas

6 de Janeiro de 2017 às 07:09

Evangelho do Dia

Tu és meu filho amado; em ti ponho meu bem-querer.

Ele pôs-se a proclamar: "Depois de mim vem outro mais poderoso do que eu, ante o qual não sou digno de me prostrar para desatar-lhe a correia do calçado. Eu vos batizei com água; ele, porém, vos batizará no Espírito Santo”. Ora, naqueles dias veio Jesus de Nazaré, da Galileia, e foi batizado por João, no Jordão. No momento em que Jesus saía da água, João viu os céus abertos e descer o Espírito em forma de pomba sobre ele. E ouviu-se dos céus uma voz: "Tu és o meu Filho muito amado; em ti ponho minha afeição”.

 

Evangelho de hoje: Mc 1,7-11

5 de Janeiro de 2017 às 15:00

Lucas Lucco rebate críticas sobre sua forma física: "Não escolhi que minhas pernas ficassem desse jeito"

No Snapchat, cantor sertanejo falou sobre comentários negativos que recebe em suas fotos

Após receber diversas críticas sobre sua forma física, principalmente as pernas, que são fortes e com veias saltadas, Lucas Lucco resolveu desabafar. O cantor sertanejo falou sobre o assunto no Snapchat nesta quarta-feira (4).

— Quando posto foto das minhas pernas, nossa senhora, como o povo vem encher o saco. "Lucas isso daí é varizes? Não gostei! Está estranho! Isso aí é bomba".

No aplicativo, Lucas se defendeu sobre os comentários negativos.

— Não escolhi que minhas pernas ficassem desse jeito. O estímulo é muito, o músculo precisa de mais irrigação e aí fica desse jeito. Não acho bonito nem feio. São minhas pernas. Deus que me deu. Estou aceitando.

Fonte: R7

5 de Janeiro de 2017 às 10:09

'Aylan' de Myanmar, foto de bebê morto choca o mundo

Bebê de 16 meses da etnia rohingya fugia de violência policial

Assim como ocorreu em setembro de 2015, quando a foto do menino sírio Aylan Kurdi, de três anos, morto em uma praia turca chocou o mundo e alertou para o problema da crise migratória, uma nova imagem vem chocando e comovendo.

Dessa vez, trata-se do pequeno bebê Mohammed Shohayet, 16 meses, que pertence à etnia rohingya e que estava fugindo com sua família de policiais de Myanmar, acusados constantemente de promover uma "limpeza étnica" no país.

Enquanto a família tentava atravessar o rio Naf, na fronteira entre Myanmar e Bangladesh, houve um naufrágio em que morreram o pequeno Mohammed, sua mãe, seu irmão de três anos e um tio.

Apenas o pai sobreviveu. Em entrevista à CNN, Zafor Alam, falou sobre a perda dos filhos e da esposa.

"Quando vejo essa foto, sinto vontade de morrer. Não tem mais nenhum motivo para eu viver neste mundo", contou. Alam ainda explicou que a família fugiu de sua vila "após helicópteros dispararem contra nós e soldados de Myanmar dispararem contra nós".

"Não podíamos ficar na nossa casa. Precisamos fugir e nos esconder na floresta. Meu avô e minha avó foram queimados vivos. A nossa vila foi incendiada por militares. Não sobrou nada. Nós caminhamos por seis dias. [...] Precisávamos mudar de local porque os soldados estão procurando pelos rohingya".

Alam atravessou o rio nadando e encontrou pescadores bengaleses que o ajudaram. De lá, pediu que fosse resgatar sua família. Nesse tempo, no entanto, soldados começaram a disparar contra eles — e outros membros da etnia que estavam tentando a travessia. Quando entraram no barco apressadamente, houve excesso de pessoas e a embarcação naufragou.

Tal qual Aylan, Mohammed foi encontrado em um terreno arenoso, de bruços e já sem vida pelos socorristas.

O povo rohingya é perseguido em diversos países e é considerado pelas Nações Unidas uma das minorias mais perseguidas do mundo.

Segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), ligado à ONU, 34 mil rohingya fugiram nos últimos meses de Myanmar para Bangladesh através do rio Naf.
Fonte:R7

6 de Janeiro de 2017 às 22:14

Condutora em alta velocidade perde o controle do veículo na MCG-497 e sai da pista entre Uberlândia e Prata

O Corpo de Bombeiros compareceu ao local, mas ninguém se feriu

Um carro saiu da pista na MGC-497 no km 19 entre Uberlândia e Prata, na tarde desta quarta-feira, 4. No veículo, um Renault, estava um casal e a mulher dirigia o carro no momento do acidente.
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), a condutora saiu da pista possivelmente pelo excesso de velocidade, o que a fez perder o controle da direção. O automóvel foi parar dentro de um matagal.

A PRE alerta para que os condutores não ultrapassem a velocidade da via, que é de até 80 km por hora. O Corpo de Bombeiros compareceu ao local, mas ninguém se feriu. A pista teve que ser interditada em meio sentido até o término dos trabalhos.

Fonte:UIPI

5 de Janeiro de 2017 às 08:33

Polícia do Rio confirma que filho de Bonner dirigia o carro no momento do acidente

Vinícius Bonemer não apresentava sinais de embriaguez

A assessoria de imprensa da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro confirmou ao R7, nesta quarta-feira (4), que Vinícius Bonemer, filho dos jornalistas William Bonner e Fátima Bernardes, era quem dirigia o carro no momento do acidente em Cabo Frio, na manhã de terça-feira (3).

Por meio de nota, a polícia relata que Vinícius estava com a carteira de habilitação vencida (veja a imagem), porém, "dentro do prazo de 30 dias o qual a legislação de trânsito brasileira prevê a possibilidade de renovação sem incidência de multa".

Segundo apuração feita pelos policiais, no momento em que o acidente ocorreu, Vinícius não apresentava sinais de embriaguez. Além disso, no hospital, o próprio jovem forneceu amostra de sangue para a realização de exame de alcoolemia, o qual a delegacia ainda espera o resultado.

Ainda de acordo com a nota enviada pela Polícia Civil, Vinícius recebeu atendimento médico e, após receber alta do hospital, prestou depoimento na delegacia por volta das 22h segunda-feira (2). O filho de Bonner relatou à polícia que voltava de Búzios, seguindo para o Rio de Janeiro, quando, por volta das 7h30, avistou um caminhão que, aparentemente, seguia em baixa velocidade, ao atravessar o cruzamento no trevo de Búzios.
Vinícius relatou ter entendido que o caminhão havia lhe dado passagem e, por isso, iniciou a manobra de travessia. Instantes depois, o jovem disse que sentiu o choque da colisão entre o caminhão e seu carro, que rodou na pista atingindo um terceiro veículo.

Vinícius e os dois amigos que estavam no carro foram socorridos e encaminhados para atendimento médico. Um dos ocupantes do veículo, segundo o filho de Bonner, foi encaminhado a hospital no Rio de Janeiro e seu estado de saúde seria estável.

A investigação está em andamento e a Polícia Civil vai ouvir outras testemunhas, visando apurar a responsabilidade no acidente.


Fonte:R7

5 de Janeiro de 2017 às 07:27

Evangelho do Dia

Tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel.

Filipe encontra Natanael e diz-lhe: "Achamos aquele de quem Moisés escreveu na Lei e que os profetas anunciaram: é Jesus de Nazaré, filho de José”. Respondeu-lhe Natanael: "Pode, porventura, vir coisa boa de Nazaré?”. Filipe retrucou: "Vem e vê”. Jesus vê Natanael [...]diz: "Eis um verdadeiro israelita, no qual não há falsidade”. Natanael pergunta-lhe: "Donde me conheces?”. Respondeu Jesus: "Antes que Filipe te chamasse, eu te vi quando estavas debaixo da figueira”. Falou-lhe Natanael: "Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o rei de Israel”. Jesus replicou-lhe: "Porque eu te disse que te vi debaixo da figueira, crês! Verás coisas maiores do que esta [...]”.

 

Evangelho de hoje: Jo 1,43-51

5 de Janeiro de 2017 às 09:12

Vinicius, filho de Bonner e Fátima, sofre acidente de carro

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da TV Globo, que informou que ele passa bem.

Vinicius Bonemer, de 19 anos, filho dos apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes, sofreu um acidente na manhã desta terça-feira (03), no Rio de Janeiro. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da TV Globo, que informou que ele passa bem.

Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros de Cabo Frio, o carro que o jovem dirigia bateu em um caminhão, por volta das 6h50 da manhã, na altura do quilômetro 125 da rodovia RJ 106, próximo ao trevo de Búzios, na Região dos Lagos. Um jovem de 19 anos, identificado como Giuliano Castro, que também estava no veículo, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento de Tamoios e depois transferido para o hospital Santa Izabel. O estado de saúde dele é considerado grave.

Vinicius é gêmeo de Laura e Beatriz. Os três nasceram prematuros, com 7 meses, no dia 21 de outubro de 1997 na clínica São José, no Rio de Janeiro. No ano passado, Fátima abriu o programa desejando felicidades aos três pelo aniversário de 19 anos e disse que o seu amor por eles cresce a cada dia.

Após o acidente, Bonner não apresentou o "Jornal Nacional" desta terça e foi substituído por Chico Pinheiro. Fátima está em férias desde o último dia 30.

Fonte: TV Famosos UOL

4 de Janeiro de 2017 às 10:20

Vídeo: Papa lamenta massacre em prisão de Manaus

Francisco expressou dor pelo ocorrido e renovou apelo para que presídios sejam espaço de reinserção social

O Papa Francisco manifestou nesta quarta-feira, 4, no Vaticano, sua dor perante o massacre deste domingo, 1º, em um complexo penitenciário em Manaus (AM) que resultou na morte de 60 presos.

“Manifesto dor e preocupação pelo que aconteceu. Convido a rezar pelos falecidos, pelos seus familiares, por todos os detidos daquela cadeia e pelos que ali trabalham”, disse ao final da tradicional catequese de quarta-feira.

Francisco comentava as “notícias dramáticas” que chegaram do Brasil, após o “massacre” que resultou do “violentíssimo confronto” entre grupos rivais. “Renovo o apelo para que os institutos penitenciários sejam lugares de reeducação e de reinserção social e que as condições de vida dos detidos sejam dignas de pessoas humanas”, prosseguiu.

O Papa convidou a rezar por todos os detidos do mundo, “para que as cadeias sirvam para reinserir e não estejam sobrelotadas, que sejam lugares de reinserção”. “Rezemos a Nossa Senhora, mãe dos detidos”, concluiu, antes de rezar uma Ave-maria com os presentes.

O arcebispo de Manaus, Dom Sérgio Eduardo Castriani, já tinha manifestado a sua condenação pelo motim. “Manifestamos o nosso repúdio contra a mentalidade daqueles que banalizam a vida, achando que a mesma é descartável, onde se pode matar e praticar todo tipo de crime e violência contra os cidadãos”, referiu D. Sérgio Eduardo Castriani.

A arquidiocese vai promover uma celebração eucarística em sufrágio das vítimas neste sábado, 7, na Catedral da Imaculada Conceição.

Fonte:  Agência Ecclesia