# Notícias Gerais

1 de Julho de 2020 às 18:21

Prefeito de Araxá publica novo decreto de enfrentamento ao Covid com algumas flexibilizações

O Decreto foi publicado hoje 01/07

 

Foto: divulgação portal Prefeitura de Araxá

Continue lendo após anúncio
 

O Prefeito Municipal Aracely de Paula juntamente com o Cômite de Enfrentamento ao Covid-19 em Araxá (MG), editou decreto na tarde desta terça-feira, 30/06, com as novas medidas.

Alguns flexiblizações observando algumas normas de prevenção: autorização para Cultos religiosos com o prazo máximo de uma hora e meia, e a proibida permanencia de menores de 12 anos, bem como a proibição e permanência e pessoas do grupo de risco no local;  Bares e restaurantes poderão funcionar de 11:00 às 22:00 mediante ao consumo em mesa, vedado o consumo de bebidas no local?;  Academias poderão funcionar apartir de 15 de julho, mediante a todas as normativas de funcionamento.?

Confira na integra o decreto as todas as medidas:

 

1 de Julho de 2020 às 14:13

Vacina da Pfizer e BioNTech produz atividade imune e causa uma forte resposta imune segundo primeiros estudos

Estudo preliminar de vacina foi promissor, apesar de 50% dos pacientes terem efeitos colaterais como febre, dor de cabeça e fadiga

Continue lendo após anúncio
 

Um estudo preliminar publicado nesta quarta-feira (1), pelo MedRXiv aponta que a vacina experimental contra o novo coronavírus desenvolvida pela Pfizer em parceria com a BioNTech apresentou resultados positivos, com importantes respostas imunes em adultos saudáveis entre 18 e 55 anos.

O MedRXiv é uma plataforma que disponibiliza estudos ainda não revisados ou publicados por revistas especializadas. A vacina das duas empresas é uma das 17 testadas em humanos durante uma corrida global para encontrar uma forma de imunização contra o novo coronavírus, que já infectou 10,5 milhões de pessoas e matou mais de meio milhão até agora.

O tratamento em potencial é o quarto medicamento para Covid-19 em estágio inicial a ser promissor em testes em humanos, juntamente com projetos envolvendo a Moderna, a CanSino Biologics e a Inovio Pharmaceuticals.

A BioNTech afirmou que os testes de duas dosagens de seu medicamento BNT162b1 em 24 voluntários saudáveis mostrou que, após 28 dias, eles desenvolveram níveis mais altos de anticorpos para Covid-19 do que os normalmente observados em pessoas infectadas.

Apesar da verificação de uma resposta imune, efeitos colaterais como febre, dor de cabeça e fadiga foram relatados em ao menos 50% dos pacientes que receberam uma segunda dose. Os sintomas se manifestaram, geralmente de forma leve e transitória.

"A maioria das reações atingiu o pico dois dias após a aplicação da vacina e foi dissipada no sétimo dia", diz o estudo, que envolve, além das empresas citadas, especialistas das Universidades de Nova York, de Maryland, do Texas, nos EUA, e outros centros de pesquisa.

"Esses primeiros resultados de testes mostram que a vacina produz atividade imune e causa uma forte resposta imune", disse o cofundador e CEO da BioNTech, Ugur Sahin. Ele afirmou que estão sendo preparados ensaios mais amplos para confirmar se isso se traduz em proteção contra uma infecção real.

A pesquisa, porém, reconhece seu caráter limitado, já que ainda não se sabe o nível de imunidade necessário para proteger o organismo da ação do novo coronavírus. O tempo para uma possível perda de anticorpos criados contra a Covid-19 também segue desconhecido.

"Esta análise não avaliou as respostas imunes ou a segurança após duas semanas de aplicação de uma segunda dose da vacina. Esses fatores são importantes para balizar a disponibilização para o público", traz a íntegra da pesquisa. Nenhuma vacina para Covid-19 foi aprovada para uso comercial até agora.

(Com informações do Estadão Conteúdo e da Reuters)

1 de Julho de 2020 às 13:21

Confira o boletim Coronavírus de Minas Gerais, de quarta-feira, 01/07

Confira no estado e também por cidades

 

30 de Junho de 2020 às 20:28

Brasil registra mais um dia com grande número de óbitos e casos confirmados

Confira o boletim desse dia 30/06

Continue lendo após anúncio
 

O  Brasil tem no acumulado 59.594 mortes por coronavírus. Nas últimas 24h, foram registradas 1.280 mortes mortes nos sistemas oficiais do Governo do Brasil, a maior parte aconteceu em outros períodos, mas tiveram conclusão das investigações com confirmações das causas por Covid-19 apenas neste período segundo o Ministério da Saúde.

Neste momento, o país  tem 1.402.041 casos confirmados da doença, sendo 33.846 registrados nas últimas 24h. 

O Ministério da Saúde registrou, nesta terça-feira (30), o total de 790.040 pessoas curadas do coronavírus em todo o país. O número é superior à quantidade de casos ativos (552.407), que são pacientes em acompanhamento médico. O registro de pessoas curadas já representa mais da metade do total de casos acumulados (56,3%). As informações estão atualizadas até às 18h30 e foram enviadas pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde.

29 de Junho de 2020 às 19:24

Sobe o número de casos confirmados de coronavírus em Perdizes

Confira o boletim desse dia 29/06

29 de Junho de 2020 às 18:24

Confira o boletim COVID 19 de Uberaba

Boletim desta segunda-feira 29/06

29 de Junho de 2020 às 19:25

Cruzeiro da Fortaleza registra 2 casos confirmados de Coronavírus

Confira o boletim desse dia 29/06

29 de Junho de 2020 às 19:26

Coromandel tem 108 pacientes em isolamento domiciliar

Confira o boletim desse dia 29/06

29 de Junho de 2020 às 17:54

Patos de Minas registra 376 casos confirmados de Coronavírus

Dos casos internados, dez pacientes estão em leitos de UTI e 18 em leitos clínicos.

????PATOS DE MINAS - BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Continue lendo após anúncio
 

A Prefeitura de Patos de Minas informa os números do coronavírus em 29/6/2020:

376 casos confirmados: 

28 pacientes internados*

191 em recuperação domiciliar 

151 casos tratados 

6 óbitos confirmados 

0 óbito em investigação 

**Dos casos internados, dez pacientes estão em leitos de UTI e 18 em leitos clínicos. Esses números são somente de residentes em Patos de Minas, incluindo hospitais particulares e público.*

-Ocupação de leitos adulto para Covid-19 em todos os hospitais da rede pública e privada: 88,24% UTI e 110,34% leitos clínicos.

-A única instituição que está atendendo Covid-19 na rede pública, o Hospital Regional, está com 90% dos seus leitos de UTI ocupados.

Fonte: Vigilância em Saúde – Patos de Minas/MG. Dados parciais, sujeitos a alterações.