# Notícias Gerais

5 de Outubro de 2021 às 10:12

Caminhão carregado de batatas se envolveu em grave acidente na BR 251 próximo a Unaí e motorista veio a óbito

O acidente aconteceu na BR 251, Km 936, na Serra sentido Unaí a Brasília.

 

Com informações e fotos do Corpo de Bombeiros de Unaí

Na tarde de segunda-feira, 04/10/2021, os militares do Corpo de Bombeiros de Unaí foram acionados para atendimento de um grave acidente envolvendo um caminhão carregado de batatas na BR 251, Km 936, na Serra sentido Unaí a Brasília.

A equipe de resgate que se encontrava de plantão foi direcionada para o local onde localizou o motorista do caminhão inconsciente, com diversas fraturas e cortes por todo o corpo.

A guarnição do Corpo de Bombeiros realizou a imobilização da vítima e a conduziu ao Pronto Atendimento Municipal onde foi confirmado o óbito pelo médico plantonista.

Trabalham na ocorrência os militares cabo Toledo, soldados Júnior e Ítalo

4 de Outubro de 2021 às 14:09

Minas Gerais: Confira Informe Epidemiológico Coronavírus 04/10/2021

Veja o boletim

 

 

Até o momento foram 2.148.756 casos confirmados, sendo 1.668 nas últimas 24 horas.

Estão em acompanhamento 31.095 casos e são 2.062.939 casos recuperados.

Estão confirmados 54.722 óbitos, sendo 3 nas últimas 24 horas.

 

4 de Outubro de 2021 às 17:20

Governo de Minas inicia pagamento do Auxílio Emergencial Mineiro de R$ 600 no dia 14/10

Serão investidos R$ 650 milhões na medida assistencial, que irá contemplar mais de 1 milhão de famílias em situação de extrema pobreza

 

Fonte: Agência de Minas Foto: Marco Evangelista / Imprensa MG

O Governo de Minas Gerais inicia, no próximo dia 14/10, o pagamento do Auxílio Emergencial Mineiro de R$ 600 por família em situação de extrema pobreza no estado. O recurso, destinado a pouco mais de 1 milhão de famílias, será repassado em parcela única e contempla os cidadãos mineiros com renda per capita de até R$ 89 reais, conforme base de dados do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema nesta segunda-feira (4/10), durante coletiva para a imprensa, em Belo Horizonte. Ao todo, serão investidos R$ 650 milhões no custeio da medida assistencial excepcional de enfrentamento às consequências econômicas e sociais da pandemia de covid-19. Terão direito ao auxílio 1,079 milhão de famílias mineiras que estavam inscritas no CadÚnico em 22 de maio de 2021. Dessa forma, não será necessário realizar nenhum pré-cadastro ou preencher qualquer documento para receber o dinheiro.

Zema destacou a importância do auxílio neste momento em que as famílias vulneráveis enfrentam mais dificuldades devido à pandemia.

“Estamos anunciando talvez aquele que seja o maior benefício já pago em toda a história do estado, são R$ 650 milhões. Sabemos como a pandemia afetou diversos setores produtivos, prejudicando negócios e gerando perda de renda e desemprego. Desde o início da pandemia, foi nossa preocupação tomarmos medidas paliativas. Adotamos o Bolsa Merenda, o Renda Minas, conseguimos junto com a iniciativa privada a distribuição de mais de 145 mil cestas básicas, principalmente nas regiões com o menor IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do estado”, afirmou Zema.

O governador lembrou que muitas destas medidas só foram possíveis devido ao trabalho eficiente de sua gestão, com o objetivo de tornar o estado mais atrativo para quem quer investir.

“É a responsabilidade fiscal, a austeridade, que está possibilitando que ações como esta sejam concretizadas. A Assembleia Legislativa foi muito feliz em aprovar esta lei que destina este auxílio emergencial mineiro e nós fomos muito austeros para conseguirmos pagar este valor. O que queremos e estamos trabalhando é para a solução definitiva, que se chama emprego. Nos dois últimos meses, Minas Gerais foi o segundo estado do Brasil que mais gerou empregos. Nestes 33 meses de governo, já atraímos para Minas Gerais R$ 135 bilhões em investimentos privados. O que acreditamos é nisso, um desenvolvimento responsável, que respeita as leis ambientais, que paga a tributação e que gera empregos para o povo mineiro”, finalizou o governador.

Qualificação profissional

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, destacou a importância do auxílio e dos projetos desenvolvidos pelo governo para a qualificação profissional, para que as pessoas possam garantir uma renda contínua.

“A importância desse auxílio nesse momento é que ele chega logo após o término do auxílio do governo federal. Então, vai ser mais um alívio para as famílias. Mas é um auxílio emergencial. Como o governador falou, queremos emprego. Temos, por exemplo, o Trilhas de Futuro, com 70 mil vagas em cursos técnicos para preparar pessoas para o mercado de trabalho. Para nós, isso é muito importante. Estamos trabalhando com as famílias mais vulneráveis, principalmente nos municípios de IDH baixo. O auxílio é emergencial, mas esperamos que as famílias tenham uma renda contínua. Isso é dignidade e cidadania”, ressaltou Elizabeth Jucá.

Para saber se tem direito ao benefício, os interessados devem acessar o endereço www.auxilioemergencialmineiro.mg.gov.br e informar o número do CPF ou do NIS (Número de Inscrição Social), que pode ser consultado no Cartão Cidadão, no Cartão do Programa Bolsa Família ou no site meucadunico.cidadania.gov.br.

Calendário de pagamento

Terão prioridade para receber o auxílio as famílias que não têm o benefício do programa Bolsa Família e as famílias constituídas por mães solteiras e seus filhos. Para este grupo, o dinheiro será depositado no período de 14 a 21 de outubro de 2021. Para as demais famílias, o recurso será depositado de 22 a 29 também deste mês.

O recurso será destinado ao Responsável Familiar (RF), que é a pessoa que respondeu à entrevista do CadÚnico.

Demais informações

O Auxílio Emergencial Mineiro será pago exclusivamente em contas-poupança digitais da Caixa Econômica Federal, a conta “Caixa Tem”. Para quem já a possui, o benefício será depositado automaticamente. No entanto, para aqueles que ainda não possuem esta conta na instituição, será aberta uma conta automaticamente, que poderá ser movimentada pelo aplicativo de smartphone “Caixa Tem”. As contas correntes ou poupança convencionais que beneficiários porventura possuam na Caixa não serão utilizadas para crédito do benefício.

Caso o beneficiário não possua celular, pode comparecer a uma agência da Caixa ou a uma Casa Lotérica, portando um documento de identificação com foto, para que consiga fazer o saque do Auxílio Emergencial Mineiro.

Se o Responsável Familiar tiver falecido, para que outra pessoa da família movimente a conta será necessária autorização judicial. Da mesma forma, se estiver impossibilitado de sacar o benefício por estar internado ou preso, será necessário providenciar uma procuração pública, autenticada em cartório, para ter acesso ao benefício. Em ambos os casos, o saque só poderá ser feito em uma agência da Caixa.

É importante lembrar que quem receber o benefício de forma indevida, pois não se enquadrava nos critérios do programa, deve comunicar imediatamente à Sedese pelo e- mail: [email protected].

Neste caso, é necessário informar o nome completo, CPF, NIS, valor recebido e o número da conta em que o valor foi depositado. A partir daí, será gerado um boleto para devolução do valor e enviado para o e-mail de quem fez a comunicação.

A denúncia de recebimento indevido do recurso do Auxílio Emergencial Mineiro também pode ser feita no endereço [email protected] . Para que seja apurado pelas autoridades competentes, será necessário incluir o nome do envolvido, município e a descrição da situação.

O programa

O Auxílio Emergencial Mineiro é de fruto de Projeto de Lei de iniciativa da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). 

O recurso para o auxílio emergencial virá de um programa de Recuperação Fiscal, também conhecido como Refis. A ideia é oferecer para empresas inadimplentes a possibilidade de regularizar os débitos junto ao estado, mediante descontos ou, até mesmo, isenção de juros. 

Os valores obtidos na negociação das dívidas serão destinados à desoneração fiscal e ao financiamento de setores econômicos mais impactados pela crise econômica que foi desencadeada pela pandemia de covid-19.

Mais recursos

Desde o início da pandemia, em 2020, o Governo de Minas, por meio da Sedese, investiu também R$ 91 milhões para o pagamento do programa Bolsa Merenda a 335 mil famílias. Esta ação contou com a parceria do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Além disso, houve o aporte de mais de R$ 321 milhões no programa Renda Minas, que contemplou aproximadamente 2,5 milhões de pessoas e mais de 960 mil famílias. Foram distribuídas ainda 146 mil cestas básicas à população vulnerável de 834 municípios, entre os meses de junho e agosto do ano passado. Outras 5 mil cestas foram distribuídas para famílias quilombolas, indígenas, ciganas, vazanteiras e circenses.

4 de Outubro de 2021 às 13:51

Imunização contra a covid e outras doenças pode ser feita ao mesmo tempo

Orientação vale para todos que precisam atualizar o cartão de vacina, inclusive adolescentes com idades entre 12 e 15 anos

 

Fonte: Agência de Minas foto: Gil Leonardi / Imprensa MG

A Campanha Nacional de Multivacinação, voltada a menores de 15 anos, iniciada na última sexta-feira (1/10), conta com uma importante mudança. A partir da publicação da Nota Técnica nº 1203/2021 pelo Ministério da Saúde, as vacinas contra a covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea com as demais do calendário vacinal, ou sem necessidade de intervalo mínimo. Portanto, aqueles adolescentes com idades entre 12 e 15 anos que buscarem a unidade básica de saúde para se imunizar contra o coronavírus, poderão tomar os outros imunizantes, conforme a necessidade de atualização do cartão de vacina. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) vai seguir as novas recomendações previstas no informe técnico do órgão federal.
 
A coordenadora do Programa Estadual de Imunizações da SES-MG, Josianne Dias Gusmão, explica que a nova orientação contribui para garantia da atualização do calendário vacinal, com incentivo de ampliação de coberturas também para outras doenças. “Até então, poderia acontecer de um adolescente nessa faixa etária, de 12 a 15 anos, precisar se vacinar contra a meningite C ou HPV, por exemplo. Se recebesse o imunizante contra covid, deveria observar intervalo de aplicação, ou vice-versa. Agora é possível aplicar de forma simultânea ou sem esse intervalo mínimo. Como a pessoa poderia demorar a retornar à unidade de saúde, acabamos ganhando tempo e incentivando aumento da cobertura”, explica.

A coordenadora destaca que a alteração não abrange apenas os adolescentes público-alvo da campanha, mas é válida para todos aqueles que precisam atualizar seu cartão de vacina e podem procurar os postos de vacinação para se imunizar contra a covid-19. “Como regra geral e considerando algumas exceções, todas as vacinas recomendadas no calendário nacional de vacinação podem ser administradas no mesmo dia, o que se aplica, agora, à vacina da covid-19”.

A coordenadora reitera a segurança da aplicação, no mesmo momento, da vacina contra a covid e aquelas do calendário de rotina. “A orientação inicial de um intervalo de 14 dias entre a aplicação das vacinas se dava pela necessidade de um monitoramento mais aprofundado do perfil de segurança. Atualmente, há um volume de dados que permite essas avaliações, o que possibilita recomendar a administração dos imunizantes covid ao mesmo tempo das outras e conta com o respaldo da Câmara Técnica de Imunizações do Ministério da Saúde”, informa Josianne. Recentemente, países como Estados Unidos e Reino Unido optaram por atualizar suas orientações referentes a coadministração das vacinas covid-19 com as demais vacinas, para permitir esta prática.

Outro ponto destacado de forma positiva pela medida é o enfoque também nas outras doenças imunopreviníveis. “As pessoas têm procurado muito a vacina contra a covid, essa nova doença é um assunto muito debatido. Mas temos que ter um olhar também para outras doenças, que contam com vacinas disponíveis e que nós precisamos ampliar as coberturas junto à população”, diz a coordenadora da SES-MG.

Indicações

Ao realizar a administração simultânea de diferentes vacinas, o profissional de saúde deverá estar atento para as diferentes vias de administração de cada vacina (oral, intradérmica, subcutânea ou intramuscular) e estabelecer estratégias adequadas.

A nova recomendação se estende, ainda, a administração de imunoglobulinas e/ou anticorpos monoclonais, bem como soros heterólogos. A exceção fica por conta de pacientes que tiveram covid-19 e utilizaram, como parte de seu tratamento, anticorpos monoclonais específicos contra o SARS-CoV-2, plasma convalescente ou imunoglobulina específica contra o SARS-CoV-2. Para essas situações deve-se, preferencialmente, aguardar um intervalo de 90 dias para receber uma dose de vacina covid-19.

4 de Outubro de 2021 às 13:47

Evangelho do Dia

E quem é o meu próximo?

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas.

Naquele tempo, 10 25 levantou-se um doutor da lei e, para pôr Jesus à prova, perguntou: “Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna?”
26 Disse-lhe Jesus: “Que está escrito na lei? Como é que lês?”
27 Respondeu ele: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu pensamento; e a teu próximo como a ti mesmo”.
28 Falou-lhe Jesus: “Respondeste bem; faze isto e viverás”.
29 Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: “E quem é o meu próximo?”
30 Jesus então contou: “Um homem descia de Jerusalém a Jericó, e caiu nas mãos de ladrões, que o despojaram; e depois de o terem maltratado com muitos ferimentos, retiraram-se, deixando-o meio morto.
31 Por acaso desceu pelo mesmo caminho um sacerdote, viu-o e passou adiante.
32 Igualmente um levita, chegando àquele lugar, viu-o e passou também adiante.
33 Mas um samaritano que viajava, chegando àquele lugar, viu-o e moveu-se de compaixão.
34 Aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho; colocou-o sobre a sua própria montaria e levou-o a uma hospedaria e tratou dele.
35 No dia seguinte, tirou dois denários e deu-os ao hospedeiro, dizendo-lhe: ‘Trata dele e, quanto gastares a mais, na volta to pagarei’.
36 Qual destes três parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos ladrões?”
37 Respondeu o doutor: “Aquele que usou de misericórdia para com ele. Então Jesus lhe disse: Vai, e faze tu o mesmo”.
Palavra da Salvação.

Evangelho (Lucas 10,25-37)

 

4 de Outubro de 2021 às 15:34

Jornada Mundial da Juventude divulga data da edição de 2023

Data do evento foi anunciada nesta segunda-feira, 4, dia de São Francisco de Assis

 

Fonte: Notícias Canção Nova Foto: Divulgação – JMJ Lisboa 2023

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2023 será realizada de 1 a 6 de agosto de 2023. A data foi anunciada nesta segunda-feira, 4. O momento é um dos mais significativos da fase de preparação.

“É com muita alegria que revelamos que a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 será realizada de 1 a 6 de agosto de 2023. O anúncio da data da JMJ, neste dia de São Francisco de Assis, é um momento muito importante para todos. Há muito que os jovens de todo o mundo desejavam conhecer a data da JMJ Lisboa 2023 para preparar com maior detalhe a vinda a Lisboa. Esperamos que os 22 meses que nos conduzirão à JMJ sejam um tempo de evangelização para todos”, afirma o Cardeal-Patriarca de Lisboa Manuel Clemente.

Neste momento, as equipes de trabalho que compõem o Comitê Organizador Local (COL), órgão executivo da preparação e organização da JMJ Lisboa 2023, contam já com mais de 400 voluntários, a maioria portugueses. Em cada uma das 21 dioceses de Portugal existem também já Comitês Organizadores Diocesanos, encarregados de dinamizar no seu território o caminho de preparação até a JMJ.

No último ano, destacam-se como momentos altos da preparação o lançamento do logo oficial da JMJ, que decorreu em outubro de 2020; a recepção dos símbolos da JMJ, que se realizou em novembro de 2020 em Roma, em uma celebração com o Papa Francisco; e a divulgação do hino oficial da jornada, em janeiro de 2021.

Um evento que percorre o mundo

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foi instituída por João Paulo II em 1985. Desde então, tem-se evidenciado como um momento de encontro e partilha. O evento reúne milhões de pessoas por todo o mundo.

A primeira edição aconteceu em 1986 em Roma. Desde então, a JMJ já passou pelas seguintes cidades: Buenos Aires (1987), Santiago de Compostela (1989), Czestochowa (1991), Denver (1993), Manila (1995), Paris (1997), Roma (2000), Toronto (2002), Colónia (2005), Sidney (2008), Madrid (2011), Rio de Janeiro (2013), Cracóvia (2016) e Panamá (2019).

Foi em 27 de janeiro de 2019, no Panamá, que foi divulgada a escolha da cidade de Lisboa. O Papa Francisco foi o responsável pelo anúncio. Inicialmente agendada para o verão de 2022, a JMJ Lisboa 2023 foi adiada. A decisão foi tomada devido à pandemia causada pela Covid-19.

NOTÍICAS RELACIONADAS

Data da JMJ Lisboa 2023 será divulgada em 4 de outubro

Jovens de Portugal recebem símbolos da JMJ no próximo domingo 22/11

Apresentado a logo oficial da JMJ 2023 em Portugal

JMJ e Encontro Mundial das Famílias são adiados por um ano

Papa anuncia o tema da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Lisboa 2022

COBERTURA INTERNACIONAL POL: Veja fotos do Papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude no Panamá

Jovens de Patrocínio já estão na Costa Rica para a pré Jornada Mundial da Juventude e em seguida seguem para a JMJ no Panamá

 VÍDEO: Às vésperas da JMJ, Papa pede oração pelos jovens

Agenda do Papa em 2019 inclui JMJ e Sínodo para a Amazônia

JMJ 2019: Confira o programa da viagem do Papa para o Panamá

JMJ Panamá receberá imagem de Nossa Senhora de Fátima

JMJ 2019: Santa Sé confirma viagem do Papa ao Panamá

Divulgada a versão oficial em Português do hino da JMJ Panamá 2019

Hino da JMJ em português será lançado na próxima segunda-feira

Organização da JMJ 2019 apresenta tipos de pacotes para peregrinos

Apresentado hino oficial da JMJ 2019 no Panamá

Reveja a transmissão da Santa Missa de Abertura da JMJ Cracóvia 2016

4 de Outubro de 2021 às 13:27

Operações do Pix à noite terão limite de R$ 1 mil a partir de hoje

Medida vale entre as 20h e as 6h

 

Fonte: Agência Brasil Colaborou Wellton Máximo Edição: Graça Adjuto foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

A partir de hoje 4/10, as transferências e pagamentos feitos por pessoas físicas entre as 20h e as 6h terão limite de R$ 1 mil. A medida foi aprovada pelo Banco Central (BC) em setembro, com o objetivo de coibir os casos de fraudes, sequestros e roubos noturnos.

As contas de pessoas jurídicas não foram afetadas pelas novas regras. A restrição vale tanto para transações por Pix, sistema de pagamento instantâneo, quanto para outros meios de pagamento, como transferências intrabancárias, via Transferência Eletrônica Disponível (TED) e Documento de Ordem de Crédito (DOC), pagamentos de boletos e compras com cartões de débitos.

O cliente poderá alterar os limites das transações por meio dos canais de atendimento eletrônico das instituições financeiras. No entanto, os aumentos serão efetivados de 24 horas a 48 horas após o pedido, em vez de ser concedidos instantaneamente, como era feito por alguns bancos.

As instituições financeiras também devem oferecer aos clientes a possibilidade de definir limites distintos de movimentação no Pix durante o dia e a noite, permitindo limites mais baixos no período noturno. Ainda será permitido o cadastramento prévio de contas que poderão receber Pix acima dos limites estabelecidos, mantendo os limites baixos para as demais transações.

Na semana passada, o BC estabeleceu medidas adicionais de segurança para o sistema instantâneo de pagamentos, que entrarão em vigor em 16 de novembro. Uma delas é o bloqueio do recebimento de transferências via Pix a pessoas físicas por até 72 horas, caso haja suspeita de que a conta beneficiada seja usada para fraudes.

 

4 de Outubro de 2021 às 13:23

Vagas de empregos SINE ARAXÁ (MG) 04-10-21

Horário de Atendimento: 8:00 às 16:45 Rua Dr. Franklin de Castro, 178 – Centro (34) 3691-7049 / 3691-7046

 


O interessado deve comparecer com Carteira de Trabalho, Identidade e CPF para se candidatar.

O Sine Araxá fica na Rua Dr. Franklin de Castro, nº 178, Centro - Telefones 3691-7046 e 3691-7049.

•    1 vaga - Ajudante de estruturas metálicas (Ajudante de Calheiro) [Cód. 5865943] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga  Ajudante de obras [Cód. 5832204] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e disponibilidade de horários (Obra à 33 km de Araxá).

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Almoxarife [Cód. 5904513] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 X 4 (12 horas).

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar administrativo [Cód. 5904456] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 X 4 (12 horas).

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar administrativo [Cód. 5902250] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.400,00.

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de cozinha [Cód. 5894398] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga - Auxiliar de cozinha [Cód. 5918283] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Auxiliar de limpeza [Cód. 5885703] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.067,63.

•    1 vaga - Auxiliar de limpeza [Cód. 5913539] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.146,00.

•    1 vaga - Auxiliar de linha de produção [Cód. 5918238] - exige ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "A" ou "B" - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    2 vagas - Auxiliar de linha de produção [Cód. 5920094] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.500,00.

•    2 vagas - Auxiliar de mecânica de manutenção [Cód. 5899969] - exige curso Técnico em Elétrica, Mecânica ou áreas afins (apresentar Certificado), CNH "B", disponibilidade para viagens e disponibilidade para trabalhar na fazenda em Perdizes/MG - SALÁRIO R$ 1.607,95.

•    1 vaga - Auxiliar mecânico de ar condicionado [Cód. 5886050] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    2 vagas - Auxiliar mecânico de refrigeração [Cód. 5899740] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.300,00.

•    5 vagas - Caldeireiro [Cód. 5872016] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Camareira [Cód. 5893224] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Costureira [Cód. 5890539] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal.

•    1 vaga - Costureira [Cód. 5918386] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    1 vaga - Cozinheira [Cód. 5837740] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.400,00.

•    1 vaga - Cozinheira [Cód. 5919659] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Eletricista [Cód. 5888259] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    5 vagas - Eletricista [Cód. 5874499] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.800,00.

•    2 vagas - Eletricista [Cód. 5874599] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Elétrica (apresentar Certificado) e CNH "B" - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    10 vagas - Eletricista [Cód. 5836679] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.423,00.

•    40 vagas - Eletricista [Cód. 5865602] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso NR 10 (apresentar Certificado) e disponibilidade de horários.

•    1 vaga - Eletricista [Cód. 5919728] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.000,00.

•    4 vagas - Eletricista [Cód. 5919910] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), cursos de Elétrica, NR 10, NR 33 e NR 35 (apresentar certificados) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.700,00.

•    2 vagas - Eletricista auxiliar [Cód. 5874522] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    4 vagas - Eletricista auxiliar [Cód. 5919889] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), cursos de Elétrica, NR 10, NR 33 e NR 35 (apresentar certificados) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.400,00.

•    1 vaga - Empregada doméstica [Cód. 5904876] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga - Empregada doméstica [Cód. 5915792] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga - Empregada doméstica/Babá [Cód. 5908842] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e referências de empregos anteriores - SALÁRIO R$ 1.100,00.

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Fiscal de prevenção de perdas [Cód. 5895112] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade de horários - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    1 vaga - Instalador de som e acessórios de veículos [Cód. 5894521] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.500,00.

•    1 vaga - Instalador de som e acessórios de veículos [Cód. 5912936] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.184,00.

•    5 vagas - Mecânico de equipamentos industriais [Cód. 5872074] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Mecânico de manutenção de máquinas agrícolas [Cód. 5897431] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e disponibilidade para residir em alojamento na fazenda - SALÁRIO R$ 2.650,00.

•    1 vaga - Mecânico de manutenção de máquinas em geral [Cód. 5881220] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, curso Técnico em Mecânica (apresentar Certificado), cursos de NR 12, 33 e 35 (apresentar Certificados) e CNH "AB".

•    1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência (Apresentar Laudo Médico) - Mecânico de manutenção de máquinas (Linha Amarela) [Cód. 5904350] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 X 4 (12 horas).

•    1 vaga - Motofretista [Cód. 5913614] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "A" - SALÁRIO R$ 1.185,00.

•    1 vaga - Motorista de caminhão-guincho leve [Cód. 5830281] - exige CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.595,40.

•    6 vagas - Motorista de caminhão-guincho pesado com munk [Cód. 5892778] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade para viagens.

•    1 vaga - Motorista de ônibus rodoviário [Cód. 5901877] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "D", curso de Transporte de Passageiros, disponibilidade para realizar viagens e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 5 x 1 - SALÁRIO R$ 2.205,00.

•    1 vaga - Motorista de ônibus urbano [Cód. 5915393] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "D" e curso de Transporte de Passageiros - SALÁRIO R$ 1.784,47.

•    3 vagas temporárias (90 dias) - Oficial de serviços gerais [Cód. 5897437] - exige ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    1 vaga - Oficial de serviços gerais [Cód. 5858937] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal - SALÁRIO R$ 1.250,00.

•    4 vagas - Operador de caixa [Cód. 5913710] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 12 X 36 - SALÁRIO R$ 1.230,00.

•    1 vaga - Operador de caminhão guincho-pesado com munk [Cód. 5832468] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade de horários (Obra à 33 km de Araxá).

•    1 vaga temporária (90 dias) - Operador de empilhadeira [Cód. 5919564] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e CNH "B - SALÁRIO R$ 2.500,00.

•    1 vaga - Operador de empilhadeira [Cód. 5920153] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e CNH "B - SALÁRIO R$ 1.900,00.

•    1 vaga - Operador de escavadeira hidráulica [Cód. 5906919] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B" e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 X 4 (12 horas).

•    1 vaga temporária (90 dias) - Operador de guincho (PTA) [Cód. 5919593] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e CNH "B - SALÁRIO R$ 2.500,00.

•    2 vagas - Operador de guindaste fixo [Cód. 5799198] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.200,00.

•    4 vagas - Operador de máquinas pesadas [Cód. 5865623] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar), curso de Operador Manipulador Telescópico e curso NR 12 (apresentar Certificados), CNH "D" e disponibilidade de horários.

•    1 vaga - Operador de pá carregadeira [Cód. 5906896] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "B e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 4 X 4 (12 horas).

•    1 vaga - Operador de pá carregadeira [Cód. 5920123] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e CNH "B - SALÁRIO R$ 1.900,00.

•    1 vaga - Operador de retro-escavadeira [Cód. 5920255] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, CNH "D" e disponibilidade de horários (Obra à 33 km de Araxá).

•    1 vaga - Operador de tráfego (Noturno) [Cód. 5901523] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, CNH "D" e disponibilidade para trabalhar em escala de turno 2 x 2 – SALÁRIO R$ 1.504,61.

•    2 vagas - Pedreiro [Cód. 5906796] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.000,00.

•    8 vagas - Pedreiro [Cód. 5762892] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.857,50.

•    5 vagas - Pedreiro [Cód. 5895408] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino fundamental completo (apresentar Histórico Escolar) - SALÁRIO R$ 1.754,80.

•    5 vagas - Pedreiro [Cód. 5919750] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.000,00.


•    2 vagas - Pedreiro [Cód. 5920235] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.700,00.

•    1 vaga - Pintor de automóveis [Cód. 5907196] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal e CNH "B".

•    1 vaga - Projetista de ferramentas [Cód. 5888361] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e graduação em Mecânica (completo ou cursando).

•    5 vagas - Servente de obras [Cód. 5919763] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 1.460,00.

•    5 vagas - Soldador [Cód. 5872086] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Supervisor administrativo de pessoal [Cód. 5913952] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, graduação em Psicologia, Administração ou áreas afins (apresentar Certificado), CNH "B", disponibilidade para viagens e disponibilidade para residir na cidade de Bambuí/MG - SALÁRIO R$ 3.000,00.

•    1 vaga temporária (90 dias) - Supervisor de apoio operacional na mineração [Cód. 5919621] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Mineração (apresentar Certificado) e CNH "B - SALÁRIO R$ 3.500,00.

•    1 vaga - Técnico de qualidade [5865737] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Mecânica (apresentar Certificado) e disponibilidade de horários.

•    2 vagas - Técnico Eletricista [Cód. 5919904] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, cursos de Técnico em Elétrica, NR 10, NR 33 e NR 35 (apresentar certificados) e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.900,00.

•    1 vaga - Técnico em agrimensura [5910405] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Agrimensura (apresentar Certificado), CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.000,00.

•    2 vagas - Técnico em segurança do trabalho [5872107] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Certificado).

•    1 vaga - Técnico em segurança do trabalho [5915418] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Certificado), CNH "B" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 2.000,00.

•    1 vaga - Técnico em segurança do trabalho [5820671] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, curso Técnico em Segurança do Trabalho (apresentar Histórico Escolar), CNH "A" ou "B" e veículo próprio (carro ou moto) - SALÁRIO R$ 2.350,00.

•    1 vaga - Torneiro mecânico [Cód. 5789374] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho - SALÁRIO R$ 2.000,00.

•    2 vagas - Vendedor - no comércio de mercadorias [5902421] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho ou informal, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "AB" ou CNH "D" e disponibilidade para viagens - SALÁRIO R$ 1.200,00.

•    4 vagas - Vendedor de consórcio [5818631] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho e ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar).

•    1 vaga - Vendedor interno [5912912] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar) e CNH "A" ou "B" - SALÁRIO R$ 1.184,00.

•    2 vagas - Vendedor de serviços [5904009] - exige seis meses de experiência em carteira de trabalho, ensino médio completo (apresentar Histórico Escolar), CNH "A" ou "B", veículo próprio (carro ou moto) e disponibilidade para viagens.

5 de Outubro de 2021 às 09:01

Araxá vacina adolescentes de 17 anos sem comorbidades nesta terça; confira outras etapas

A imunização dos adolescentes será exclusiva da faixa etária de 17 anos.

 

A Prefeitura de Araxá inicia a aplicação da 1ª dose da vacina contra a covid-19 em adolescentes de 17 anos nesta terça-feira 5/10, das 8h às 16h, no Sesc. Para receber a aplicação é preciso ter a presença de um acompanhante e apresentar a cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver) e Cartão de Vacina. A imunização dos adolescentes será exclusiva da faixa etária de 17 anos.

Já a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades, deficiência permanente grave, gestante e puérperas prossegue na Unisa, das 8h às 16h. Os documentos exigidos no momento da vacina são a cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver), Cartão de Vacina e a Declaração legível do médico, emitida em 2021, comprovando a condição clínica. Quem possuir Benefício de Prestação Continuada (BPC), deve levar o comprovante. Todos devem estar acompanhados de um responsável.

A vacinação adulta de grávidas, puérperas e lactantes sem comorbidades que ainda não receberam a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 também será realizada na Unisa, das 8h às 16h.

2ª dose
 
O município prossegue a aplicação da 2ª dose das vacinas CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer nesta terça-feira (5), das 8h às 16h, também no Sesc. A imunização é de acordo com o agendamento no Cartão de Vacina ou com doses em atraso.

CRONOGRAMA - 05/10

1ª dose para adolescentes de 17 anos sem comorbidades - SESC
Dia e horário: 5 de outubro (terça-feira) - 8h às 16h.

Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver) e Cartão de Vacina. A vacinação deve ter a presença de um acompanhante.

1ª dose para adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades, grávidas e puérperas (até 45 dias) e deficiência permanente grave – UNISA
Dia e horário: 5 de outubro (terça-feira) - 8h às 16h.

Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver) e a declaração legível do médico, emitida em 2021, comprovando a condição clínica. Quem possuir Benefício de Prestação Continuada (BPC), deve levar o comprovante e a vacinação deve ter a presença de um acompanhante.

2ª dose CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer de acordo com o cartão de vacina - SESC
Dia e horário: 5 de outubro (terça-feira) - 8h às 16h.

Documentos exigidos: cópia (xerox) dos documentos pessoais e Cartão de Vacina.

1ª dose Gestantes, Puérperas e Lactantes – UNISA
Dia e horário: 5 de outubro (terça-feira) - 8h às 16h.

- Puérperas (com até 45 dias) e Lactantes (até 6 meses)

Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver), Cartão de Vacina (se tiver) e Certidão de Nascimento ou Cartão do Bebê.

- Gestantes (com e sem comorbidades)

Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS (se tiver), Cartão de Vacina (se tiver) e Cartão Pré-natal.